BLOG

21 Abril

2016

Smart Apps for Smart Cities

By conteudo Noticias No Comments

main-illustration

E se os cidadãos pudessem estar diretamente ligados com os seus responsáveis autárquicos, serviços e informação municipal?

É cada vez mais, nos dias que correm, uma necessidade, uma exigência quase, dos cidadãos que pretendem comunicar e interagir de forma rápida, eficaz, produtiva e satisfatória com os seus representantes e serviços municipais.

Mas também é verdade que nem sempre os municípios estão prontos para abraçar estas iniciativas de proximidade tecnológica. Pelos mais diversos motivos: pelos custos de implementação de uma solução tecnológica, pela ausência de estratégia de comunicação e interação com os cidadãos; porque não julgam importante nem necessária esta proximidade e interação; pela dificuldade de “arquitetar” formas de comunicação inovadoras e eficazes com conteúdos adequados, diretos e úteis para os cidadãos.

A

Conteúdo Chave

, enquanto agência de comunicação, tecnologia e inovação, criativa e arrojada, tem um contributo para dar e minimizar todos estes hipotéticos obstáculos, proporcionando aos seus parceiros, um canal direto com os seus cidadãos, 24 horas por dia, 365 dias por ano.

A nossa solução, resolve em primeiro lugar o facto custo. Existe uma ideia errada de que tudo que envolva tecnologia e novas soluções mobile são extremamente dispendiosas e complicadas de gerir. Naturalmente que o valor final depende sempre do tipo de projeto que é solicitado e se envolve muitas funcionalidades exclusivas e customizações extremas. Nestes casos excepcionais, os valores finais são estudados caso a caso e é uma impossibilidade real, alguém avançar com números definitivos e tabelados.

Contudo, a proposta que apresentamos é mais flexível. Uma vez que há nas cidades e nas administrações uma interiorização de conceitos universais e soluções que todos querem ver implementadas nas suas aplicações, conseguimos desenvolver uma proposta base, que inclui diversas ferramentas de entrada para as cidades comunicarem e interagirem de uma forma inovadora com os seus munícipes, com os seus cidadãos e estes, complementarem muita desta interação de uma forma divertida, descontraída e motivadora.

O facto de ser uma plataforma normalizada permite a redução considerável dos custos de desenvolvimento e implementação, sendo apenas necessária uma customização simples e adaptação à imagem de cada localidade ou cidade.

Em menos de duas semanas é possível colocar as aplicações em pleno funcionamento e totalmente integradas na imagem da cidade e totalmente “equipadas” com ferramentas de última geração e também com sistemas de gestão de conteúdos (CMS) de simples manuseamento e configuração. Esta simplicidade vai permitir que a informação relacionada com as atividades culturais, eventos, avisos administrativos, noticias diversas, fiquem disponíveis em qualquer hora do dia, permitindo aos cidadãos um acompanhamento interessado, acutilante e até democrático, da vida do seu concelho e/ou cidade.

O valor mínimo para os serviços de entrada deste tipo de plataforma, que incluem serviços de última geração comuns a quase todas as aplicações das grandes cidades capitais europeias (agenda, apresentação, eventos, alertas, redes sociais, notícias, fotos, vídeos, etc.), está fixado nos 200 euros mensais. Este valor, pode ademais, ser recuperado através da comercialização e disponibilização de espaços publicitários integrados na própria aplicação, se for opção da cidade enveredar por um modelo sustentável em termos financeiros.

 

Para os projetos em que são necessárias mais ferramentas inovadoras, entre as quais, a georreferenciação, por exemplo, ou a criação de roteiros turísticos, Pontos de Interesse (POI), caixa de sugestões, anúncios de emprego e outros, avisos “push” no telemóvel ou até ofertas dos comércios privados, é possível estudar a integração e desenvolvimento dos mesmos atualizando em qualquer altura a plataforma e incrementando as vantagens para os cidadãos e para a gestão municipal, cuja imagem pública sairá sempre reforçada pela inovação e adesão a novas ferramentas tecnológicas de envolvimento com os seus cidadãos “conetados”.

 

Sendo também a Conteúdo Chave uma agência propulsora da tecnologia de Realidade Aumentada em Portugal, disponibiliza naturalmente esta potencialidade tecnológica que pode igualmente ser integrada nas aplicações. As vantagens da Realidade Aumentada nos dispositivos mobile são inexcedíveis e transversais. Pode ser usada diretamente no marketing digital da cidade, “dando vida”, por exemplo, às brochuras, publicidade estática, boletins informáticos, e outro tipo de material impresso quer pelo município, quer pelos agentes económicos e outros parceiros.

 

A Conteúdo Chave tem já em funcionamento a plataforma Welcome Guides que proporciona uma opção simples e acessível de ferramenta turística aos territórios. Além da Geolocalização e Georeferenciação, a Realidade Aumentada permite colocar e misturar conteúdo virtual com o mundo real e físico.

 

Numa cidade, por exemplo, esta tecnologia, além de permitir encontrar de forma simples e inovadora os diversos Pontos de Interesse (turísticos ou comerciais), pode também ser utilizada e integrada em museus, visitas culturais, roteiros históricos por locais e edifícios emblemáticos, enfim, os limites são os da própria imaginação e criatividade.

 

E é nestes últimos aspectos que também a Conteúdo Chave se propõe colocar à disposição das cidades e territórios. É uma evidência que a tecnologia está acessível, existem as mais diversas e variadas soluções para o mesmo fim, contudo, a abordagem criativa e inovadora da utilização dessa mesma tecnologia e a sua optimização para incrementar o bem estar dos cidadãos e melhorar a imagem institucional da administração, é, sem sombra de dúvidas, mais importante que qualquer investimento aplicado em tecnologia fria e crua que, não tendo uma orientação integradora com a comunidade, acabará por ser sempre um mau investimento.

E nos dias de hoje, com um acompanhamento cada vez mais exigente das administrações dos recursos públicos, já de si parcos, é fundamental transmitir aos cidadãos que todos os investimentos que são feitos terão retornos positivos e serão, acima de tudo, sustentáveis e equilibrados.

 

LEAVE A COMMENT

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>